FreeAgent Go Tools - Visão geral e limitações do software de cribrografia da Seagate

A criptografia de arquivo impede que outras pessoas acessem seus dados sem sua aprovação. A criptografia usa uma senha criada por você para modificar um arquivo de modo que ele não possa ser aberto até que seja decodificado com essa senha. É possível criptografar um arquivo diretamente a partir da área de trabalho ou de uma janela do Explorer. Não é necessário abrir o software FreeAgent!" para usar este recurso. O recurso de criptografia não faz parte do aplicativo FreeAgent fisicamente. O acesso a ele é obtido por meio de um menu suspenso aberto com o botão direito do mouse.

 A criptografia funciona apenas no nível do arquivo. Não é possível criptografar pastas, nem criptografar diversos arquivos de uma vez. No entanto, é possível colocar diversos arquivos e até mesmo pastas em um arquivo compactado e criptografá-lo.

Ao criptografar um arquivo, uma segunda versão do arquivo, ilegível sem ser decodificada, é produzida no local que contém o arquivo original. Para concluir o processo de criptografia, é necessário excluir a versão original não criptografada.

Ao decodificar um arquivo, uma versão não criptografada é produzida no local que contém a versão criptografada. Essa versão pode ser aberta e editada e, em seguida, criptografada novamente.

 Não é possível criptografar ou decodificar um arquivo em uma pasta dentro do Ceedo (por exemplo, a pasta Meu documentos encontrada no Ceedo).

Vídeo em Flash da unidade FreeAgent - FreeAgent Go Tools - Limitações do software de criptografia da Seagate

View Flash Guide
Clique aqui para iniciar o filme.





Por favor, avalie a utilidade deste artigo.