Como obtenho o máximo desempenho do disco Backup Plus Fast?

O disco Backup Plus Fast pode alcançar um alto desempenho. O desempenho real depende de vários fatores. As transferências de dados com o disco Backup Plus Fast são limitadas pela velocidade da origem, a interface de transferência e a(s) placa(s)-mãe/controladora(s).

A velocidade de quaisquer outros discos envolvidos em uma transferência de arquivo
Se você estiver transferindo dados a partir de um disco interno, saiba que você não poderá exceder a velocidade desse disco. Se estiver transferindo dados para o Backup Plus Fast a partir de um disco padrão dentro do computador, as velocidades de transferência e os tempos de acesso serão restritos ao desempenho máximo do disco interno.

A melhor situação é transferir arquivos entre outros SSDs para atingir desempenho de pico, como de um disco de inicialização SSD para o disco Fast ou de um disco Fast para outro.

As interfaces de cabeamento envolvidas na transferência
Aqui estão alguns exemplos comuns.

  • Uma transferência entre um disco Fast e um disco conectado por um hub ou porta USB 2.0 será limitada à velocidade do USB 2.0 (menos de 40 MB/s).
  • Uma transferência entre um disco Fast e um disco conectado a uma placa USB 3.0 ligada a um slot PCI Express 1.0 1x será limitada a um máximo de 250 MB/s (um máximo de aproximadamente 200 MB/s com carga de correção de erros e comando).
  • Uma transferência entre um disco Fast e um disco interno conectado a uma controladora SATA de 1,5 Gb/s será limitada a um máximo de 150 MB/s.
  • Uma transferência entre um disco Fast e um disco interno conectado a uma controladora SATA de 3 Gb/s será limitada a um máximo de 300 MB/s.
  • Dois discos USB 3.0 conectados ao mesmo hub raiz USB 3.0 compartilharão a largura de banda total possível de 5 Gb/s.

O ideal é conectar o disco Fast diretamente a uma porta USB 3.0 ligada à placa-mãe do computador (sem hubs ou portas USB dianteiros) e executar transferências de em SSD conectado à placa-mãe com recursos SATA de 6 Gb/s.

Qualquer tecnologia mais antiga envolvida na transferência
Como mencionado acima, as tecnologias mais antigas, como PCI Express 1.0, USB 2.0 ou SATA de 1,5 Gb/s, podem limitar significativamente as taxas de transferência. Use um sistema com a tecnologia mais recente para obter o melhor desempenho.

O Windows 8, Mac OS 10.8+ e USB 3.0 têm um protocolo chamado UAS ou UASP (USB-Attached SCSI Protocol, protocolo SCSI conectado a USB), que minimiza a carga de correção de erros e comando e possibilita que as transferências alcancem um desempenho um pouco mais alto do que obteriam com a interface USB 3.0 padrão. Para atingir o mais alto desempenho com UAS, você precisaria de:

  • uma porta USB 3.0 compatível com UAS,
  • um sistema operacional compatível com UAS (Windows 8 ou Mac OS 10.8) e
  • um dispositivo compatível com UAS (como o Backup Plus Fast).




Por favor, avalie a utilidade deste artigo.