O BIOS não detecta ou reconhece a unidade de estado sólido

Há quatro motivos principais pelos quais um BIOS de sistema não detecta a presença de uma unidade de estado sólido interna. Elas não estão em nenhuma ordem específica, mas você pode seguir estas etapas, uma por uma, para solucionar o problema:

  1. A unidade não está ativada no BIOS

  2. Os drivers Serial ATA não estão instalados corretamente

  3. Cabo de dados danificado ou desconectado

  4. SSD com defeito

Após confirmar se a porta SATA está configurada como Auto-Detect (Detecção automática) ou está ativada, se a sua SSD não estiver sendo detectada (automaticamente) pelo BIOS do sistema, tente as seguintes etapas para tentar identificar/solucionar o problema.

  1. A unidade não está ativada no BIOS
    Logo após ser ligado, a maioria dos computadores pessoais exibe uma mensagem rápida referente à entrada na configuração do sistema (System Setup). A configuração do sistema também é chamada de "BIOS do sistema" ou, às vezes, de "Configuração do CMOS", que são todos nomes para indicar o mesmo.
    Por exemplo, nos sistemas Dell, você verá "F2=Setup" no canto superior direito da tela durante a inicialização do computador. Isso significa que você deve pressionar a tecla F2 para entrar na Configuração (o BIOS). Fabricantes de computador diferentes têm métodos diferentes para entrar na Configuração. Por isso, consulte a documentação do seu sistema. Esse link também pode ser útil.

    A Configuração do sistema é onde a data e a hora são armazenadas e as preferências de inicialização, como NumLock ou as senhas, são definidas. Além disso, muitas configurações de hardware são definidas na Configuração do sistema.
    Mais especificamente, as unidades de estado sólido costumam ser controladas aqui. No nível mais simples, as SSDs são numeradas na configuração como Drive 0, Drive 1, etc. ou, às vezes, como PrimaryMaster, Primary Slave. Não importando como estiverem indicadas, elas têm uma configuração básica de ON/OFF (Ligado/Desligado) e às vezes AUTOMATIC (Automático) ou algo semelhante. Se a sua unidade não estiver sendo detectada, é possível que esteja definida como OFF na Configuração do sistema.
    Na maioria dos casos, a unidade de inicialização é o Drive 0 ou Primary Master. Quando você adiciona uma segunda unidade ao sistema, ela pode ter que ser ativada definindo-a como ON na Configuração do sistema.
     
  2. Os drivers da placa-mãe Serial ATA não estão carregados corretamente (principalmente no Windows XP/2000).

    Consulte o documento ID: 005708 para maiores informações.
    Após pressionar S, o processo de instalação do driver continuará e os disquetes serão necessários. Serão fornecidas instruções adicionais no final do processo de instalação do driver.

    (Clique para expandir)
    1. Insira o disquete contendo os drivers para a controladora Serial ATA suplementar.
    2. Quando os drivers tiverem sido carregados, prossiga com a instalação normal do Windows XP/2000.

    Algumas observações adicionais sobre o disquete de drivers:
    Para a SSD ser detectada em uma nova instalação, os drivers da placa-mãe/controladora SATA suplementar devem ser carregados no início do processo de instalação.
    Os drivers da placa-mãe/controladora provavelmente estão no CD enviado com ela ou no site do fabricante. Esses drivers não são fornecidos pela Seagate, mas pelo fabricante da placa-mãe. Basta carregar os drivers necessários no disquete e deixá-los preparados.
  3. Cabo de dados danificado ou desconectado
    • Inspecione sempre as conexões da placa-mãe e da SSD para verificar se há pinos tortos ou desalinhados. Dobrar, amassar, pinçar ou enrolar cabos de dados pode causar a quebra dos fios dentro do isolamento, mantendo a aparência normal do cabo exteriormente. Se você estiver na dúvida sobre as condições do cabo, substitua-o.
    • Para cabos SATA, a Seagate recomenda o uso de cabos com comprimento inferior a 1 metro (39,37 polegadas). Para obter mais informações, consulte o documento ID: 182453.

      Aqui estão algumas imagens de cabos Serial ATA. Clique para expandir.




       
    • O BIOS não detectará uma SSD se o cabo de dados estiver danificado ou conectado de forma incorreta.
      Os cabos Serial ATA, em especial, podem às vezes sair da conexão. Lembre-se de verificar se os cabos SATA estão bem inseridos na conexão da porta SATA.
    • A forma mais simples de testar um cabo é substituindo-o por outro. Se o problema persistir, significa que o cabo não é a causa do problema.
       
  4. Disco rígido defeituosoSe você tiver feito todas as verificações e realizado todos os procedimentos acima e a unidade continuar não sendo detectada corretamente, tente usar o SeaTools para DOS (veja o tutorial aqui) para testar a unidade. Caso, após as etapas acima, o SeaTools não conseguir detectar a unidade ou gerar um código de erro indicando que a unidade está com defeito, acesse a nossa página de serviços de garantia para dar entrada em um pedido de substituição na garantia.




Por favor, avalie a utilidade deste artigo.